Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2015 Agosto Governador recebe professores, alunos e técnicos da Uneal
15/08/2015 - 14h20m

Governador recebe professores, alunos e técnicos da Uneal

Renan Filho ouviu reivindicações e anseios da comunidade acadêmica; audiência durou quase quatro horas

Governador recebe professores, alunos e técnicos da Uneal

Fotos: Márcio Ferreira/Secom (Cortesia)

Carlos Alberto Jr.

Um momento histórico. Assim pode-se traduzir a audiência entre representantes da comunidade acadêmica e gestores da Universidade Estadual de Alagoas com o governador Renan Filho ocorrida nesta sexta, 14. O encontro, que durou cerca de quatro horas, aconteceu no Palácio República dos Palmares, na capital alagoana.

Logo no início da audiência, o governador anunciou a liberação de uma suplementação de R$ 300 mil, para reinício das obras de construção do Campus V, em União dos Palmares. O total investido também na construção da Casa do Estudante no Campus II, em Santana do Ipanema, e na implantação do Sistema Acadêmico é de R$ 6,3 milhões.

Além disso, Renan Filho afirmou que a verba de custeio mensal será ampliada para R$ 300 mil logo após o reajuste dos servidores públicos. “Assumo o compromisso de ampliar para R$ 400 mil até o final do ano”, frisou o governador.

O reitor da Uneal, professor Jairo Campos da Costa, tratou da nomeação dos professores aprovados nos dois últimos concursos promovidos na instituição. Segundo ele, dois processos para nomeação dos novos docentes já se encontram na Procuradoria Geral do Estado (PGE), para análise, seguindo, desta forma, o trâmite normal.

Após a apresentação dos números pelo reitor, o governador frisou que pretende nomear os 64 professores possíveis nesse primeiro momento. “Herdamos a LRF [Lei de Responsabilidade Fiscal] estourada. É necessário enxugar ainda mais a folha salarial cortando na própria carne e dentro da legalidade. A autorização política é contratar [os professores aprovados]. Estamos aguardando pronunciamento da PGE”, afirmou.

POLO AGROALIMENTAR
Outro ponto discutido durante a audiência foi o Polo Agroalimentar de Arapiraca que ainda está com suas atividades paralisadas desde a inauguração em 2014. O vice-reitor, professor Clébio Correia de Araújo, destacou em sua fala a importância do projeto para a formação de futuros profissionais.

“Os equipamentos são de última geração e podem funcionar também como laboratórios para nossos estudantes e professores de diversos cursos”, salientou. O vice-reitor destacou, ainda, que Renan Filho se comportou de forma generosa em receber os representantes da Uneal. “É isso que se espera de um governador”.

Renan Filho pediu que a universidade elabore um calendário e projetos para análise e confirmou a importância da instituição para o projeto. O reitor destacou que o protagonismo da Uneal na concepção do Polo Agroalimentar de Arapiraca não pode ser esquecido.

Ainda com relação à pesquisa, Renan Filho disse que a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), que antes destinava 90% das suas bolsas para uma única instituição, no caso a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), já democratizou o acesso. A Uneal passou a ser contemplada e por mérito, de acordo com o gestor.

OUTRAS REIVINDICAÇÕES

show_img (5).jpg
O coordenador do Diretório Central dos Estudantes da Uneal, Júnior Araújo, entregou uma carta aberta ao governador onde apresenta carências do corpo discente da instituição, como a necessidade de criação de uma pró-reitoria para assistência estudantil, o que só é possível com uma alteração na Lei Delegada do Estado. “Somos a única universidade em Alagoas que não tem. Além disso, pedimos a liberação de verbas para a construção do Campus de Arapiraca”, falou, ao lembrar que o terreno já foi doado pela prefeitura de Arapiraca.

Em nome dos técnico-administrativos da Uneal, o servidor Melqui Zedeque Ribeiro, destacou a necessidade de correção das distorções salariais entre os servidores dos níveis fundamental e médio. “Hoje a diferença salarial entre as duas categorias é de R$ 14 apenas. Precisamos também que seja realizado um novo concurso para preenchimento das vagas hoje existentes na Uneal”, disse. A maioria delas é ocasionada pelos pedidos de exoneração, o que se tornou uma constante nos últimos anos.

Jairo Campos mostrou-se satisfeito com o encontro que foi solicitado pelo próprio governador dias atrás. “Acho que o caminho é esse. Agradeço por este momento, pelo espaço, pela oportunidade dos nossos estudantes estarem aqui. Tenham-nos como parceiros. Essa é a primeira vez que uma reunião assim é feita. Estou otimista”, pontuou.

Atendo a todas as falas e reivindicações, o governador Renan Filho finalizou afirmando ser uma grande satisfação ouvir a comunidade da universidade. “Nunca estive inerte à Uneal. Trata-se de um aprendizado mútuo. O momento é muito difícil e temos feito o esforço máximo para avançar nas questões da Uneal, mas é preciso que também seja dada atenção às conquistas nesses sete meses. Tanto eu como vocês queremos o melhor para a Uneal, fazemos parte do mesmo time”, concluiu. 

Ações do documento

bannereduneal.jpg

banner_lateral_SEI.jpg

sisu.png

sistema academico

sistema-academico-tecnico.jpg

CPL

logo prodic

revistas.png

egresso-frase.png

bannereduneal.jpg

ouvidoria.png

lateral_registro_diplomas_externos.jpg