Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Docentes da Uneal dialogam com avaliador da Capes
22/09/2012 - 16h05m

Docentes da Uneal dialogam com avaliador da Capes

Capacitação foi promovida pela Fapeal

Docentes da Uneal dialogam com avaliador da Capes

Fonte: Ascom/Fapeal

 

Nesta quinta (20/9) a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas promoveu, em seu auditório, discussão entre docentes da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e representante da Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do MEC, sobre os critérios de avaliação utilizados para a abertura de novos cursos de pós-graduação.

O coordenador do comitê de área interdisciplinar da Capes, Dr. Pedro Pascutti, falou sobre perspectivas na formação interdisciplinar de recursos humanos para a pesquisa e atuação profissional, contextualizando sua palestra com o atual esforço da Uneal em ter aprovada sua proposta de pós-graduação stricto sensu/mestrado, na área de Desenvolvimento Regional, possibilitando linhas de trabalho interdisciplinares.

 Após a palestra, Pascutti, que também faz parte do comitê avaliador de novos programas strictu sensu da Capes, dialogou com os docentes da Uneal, atuantes em diversas áreas do conhecimento, que puderam expor a situação de Alagoas e suas próprias dúvidas sobre as possíveis fragilidades da atual proposta, e também discutir a busca dos melhores caminhos para saná-las.

O diálogo teve como facilitador o Professor José Fernandes de Lima, ex-presidente da Capes e atual presidente do Conselho Nacional de Educação. Lima tem cooperado com a diretoria científica da Fapeal  junto às universidades estaduais, como consultor nas ações que visam estruturar a expansão da pesquisa no estado, de forma a contemplar a interiorização dos campi e suas necessidades específicas.

Para a presidenta da Fapeal, Janesmar Cavalcanti, um evento como este é estratégico no apoio à pós-graduação stricto sensu em Alagoas, principalmente em relação às propostas das universidades estaduais, que estão em fase inicial: “A Fapeal está induzindo a sustentabilidade desses programas”, declara.

 Repercussão acadêmica

 Entre docentes que contribuíram na discussão, alguns dos quais atuam também na Ufal, a ocasião deixou um saldo positivo.

O geógrafo Antônio Alfredo de Carvalho definiu o momento como “crucial”, por ter promovido um diálogo que expôs as carências da Uneal, principalmente no interior, mas manteve o foco nas possibilidades de sua melhor adequação às necessidades de um programa stricto sensu. Já para o historiador Osvaldo Maciel, foi uma oportunidade de a universidade dialogar mais claramente com a Fapeal e com a Capes, não só em seu papel de fomento, mas também como avaliadora: “É parte de um processo de maturação”, analisa

Ações do documento

banner_lateral_SEI.jpg

sisu.png

sistema academico

sistema-academico-tecnico.jpg

CPL

logo prodic

revistas.png

egresso-frase.png

ouvidoria.png